Como esta todo mundo preocupado, eu diria surtado mesmo por causa da gripe suína vou deixar aqui algumas informações, já que como enfermeira informação é o que eu mais tenho, deixo aqui para compartilhar com vocês!

A gripe influenza A (H1N1), chamada anteriormente de gripe suína ou gripe porcina é uma doença infectocontagiosa ocasionada por uma variante do vírus influenza H1N1. Apesar do nome não é transmitida pelos porcos, por isso, discute-se a mudança do nome para não ocasionar erros.

Também denominada gripe mexicana, gripe norte-americana, influenza norte-americana ou nova gripe.

A transmissão ocorre apenas entre humanos (pessoa-pessoa). Até o momento não foi registrado nenhum caso de contaminação por contato com animais mas somente pelo contato entre humanos.

O consumo de carne de porco não acarreta doença, uma vez que o vírus é inativado pelo calor. Esta afecção está sendo considerada epidêmica no México, onde o governo já anunciou 12 mortes confirmadas causadas pelo H1N1 e foram anunciados 152 casos de morte suspeitos, levando a Organização Mundial da Saúde a declarar que a doença é uma "emergência na saúde pública internacional" com grandes chances de tornar-se uma pandemia.



Forma de Contágio

A gripe H1N1 2009 é uma doença causada por um vírus que pode atacar humanos

* A contaminação se dá da mesma forma que a gripe comum, por via aérea, contato direto com o infectado, ou indireto (através das mãos) com objetos contaminados.

* Não há contaminação pelo consumo de carne ou produtos suínos. Cozinhar a carne de porco a 70 graus Celsius destrói quaisquer microorganismos patogênicos.

* Não foram identificados animais (porcos) doentes no local da epidemia (México). Trata-se, possivelmente, de um vírus mutante, com material genético das gripes humana, aviária e suína.

* O vírus da gripe suína (não o vírus Influenza A/H1N1 que está atualmente infectando as pessoas) causa uma doença respiratória altamente contagiosa entre os suínos, sem provocar contudo grande mortalidade. Habitualmente não afeta humanos, no entanto, existem casos esporádicos de contágio, laboratorialmente confirmados, em determinados grupos de risco. A infecção ocorre em pessoas em contacto direto e constante com estes animais, como agricultores e outros profissionais da área. A transmissão entre pessoas e suínos pode ocorrer de forma direta ou indireta, através das secreções respiratórias, ao contactar ou inalar partículas infectadas. O quadro clínico da infecção pelo vírus da gripe suína é em geral idêntico ao de uma gripe humana sazonal.

* Os suínos podem igualmente ser infectados pelo vírus da influenza humano, assim como pelo vírus da influenza aviário e pelo suíno. Quando os vírus Influenza de diferentes espécies infectam simultaneamente o mesmo animal (como por exemplo o suíno), podem "reorganizar-se geneticamente" e originar uma nova estirpe de vírus, tal como aconteceu atualmente com a emergência deste novo vírus circulante Influenza A/H1N1, composto por genes de origem aviária, suína e humana. Especificamente esta combinação, não havia sido vista até agora em humanos ou em suínos e a sua origem, onde e quando aconteceu é ainda desconhecida.

* O vírus é transmitido de pessoa para pessoa, e o papel do suíno na emergência desta nova estirpe de vírus encontra-se sob investigação. Contudo, é certo que não há qualquer risco de contaminação através da alimentação de carnes suínas cozinhadas.


Sintomas

Assim como a gripe humana comum, a gripe H1N1 2009 'Mexicana' apresenta os sintomas: "febre", cansaço, fadiga, dores pelo corpo, tosse e ainda sintomas característicos como "diarreia" ou vômitos.

Tratamento

De acordo com a OMS, os medicamentos antiviral oseltamivir e zanamivir, em testes iniciais mostraram-se efetivos contra o vírus H1N1.(não use esses medicamentos sem antes consultar um médico)

Ter hábitos de higiene regulares, como lavar as mãos, é uma das formas de prevenir a transmissão da doença.


Hospitais de referencia em São Paulo para tratamento da doença!

Hospital Universitário da Universidade de São Paulo (Butantan)
Av. Prof. Lineu Prestes, 2565 - Butantan (11) 3069-6405

Hospital São Paulo - UNIFESP
R. Napoleão de Barros, 715 - V. Clementino (11) 5576-4000

Hospital das Clínicas - Faculdade de Medicina de São Paulo
HCFMSP - Fundação Faculdade de Medicina
Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 255 - Cerqueira César (11) 3069-6405

Hospital de Infectologia Emílio Ribas
Av. Dr. Arnaldo, 165 - Cerqueira César (11) 3896-1200

date 30 de julho de 2009

0 comentários to “Gripe Suína”

gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

wibiya widget